Tsuboi se despede da Copa do Mundo de tênis de mesa, e Calderano estreia

LANCE!
·2 minuto de leitura


O brasileiro Gustavo Tsuboi se despediu na manhã desta sexta-feira da Copa do Mundo Masculina de Tênis de Mesa, em Weihai, na China. Ele foi batido pelo sul-coreano Jang Woojin, por 4 a 0 (9/11, 11/13, 5/11 e 6/11), e pelo austríaco Robert Gardos, por 4 a 1 (7/11, 8/11, 6/11, 11/7 e 11/13), pelo grupo 4 do torneio, e não conseguiu passar de fase. Mas o Brasil segue representado, com a estreia de Hugo Calderano, sexto melhor jogador do mundo na atualidade, nas oitavas de final.

O primeiro adversário de Calderano também será um sul-coreano: Jeoung Youngsik, número 14 do ranking mundial, à 1h30 (horário de Brasília). Caso vença seu confronto, enfrenta o vencedor do duelo entre Jang Woojin e o japonês Koki Niwa, na manhã de sábado, às 9h45. As partidas têm transmissão ao vivo da ITTF TV (tv.ittf.com).

- É muito bom jogar de novo, depois de tanto tempo sem competições internacionais. Todo mundo está muito ansioso, os jogadores estão querendo competir de novo. Sei que o nível é muito alto, todos os melhores do mundo estão aqui. Vou tentar impor meu jogo. Sei que vai ser difícil, não estamos com muito ritmo. Vou concentrar no meu jogo e vamos ver - projeta o brasileiro.

Gustavo Tsuboi, que já teve grandes participações em Copas do Mundo em outros anos, não foi feliz desta vez. No primeiro jogo, encontrou muitas dificuldades diante do sul-coreano Jang Woojin. Começou perdendo o primeiro set por 4 a 0, conseguiu a virada, mas acabou permitindo que o adversário se recuperasse e fechasse.

No segundo set, iniciou muito bem, manteve-se na frente do placar e chegou a ter dois set points, mas acabou derrotado. Novamente começou bem no terceiro e no quarto sets e permitiu a virada do sul-coreano.

Pouco mais de cinco horas depois de deixar a mesa, voltou para enfrentar o austríaco Robert Gardos. Tsuboi começou muito mal o jogo. O adversário chegou a abrir 7 a 1 no placar e venceu por 11 a 7. No segundo e no terceiro sets, chegou a equilibrar o confronto, mas sofreu demais na recepção, sendo novamente derrotado.

No quarto set, a confiança voltou para o brasileiro. Com o saque entrando melhor e golpes mais agressivos, venceu por 11 a 7. Fez também um bom quinto set, mas acabou sendo batido no finalzinho e se despediu do torneio.