Trote em Gustavo Apis e time de guerreiros: os bastidores do empate do Fluminense no Brasileirão

·1 minuto de leitura


O Fluminense conseguiu um heroico empate por 2 a 2 com o Red Bull Bragantino na terceira rodada do Campeonato Brasileiro, no último domingo. Nos bastidores divulgados pelo clube, foco nas brincadeiras do vestiário e na comemoração dos jogadores após o ponto conquistado no Estádio Nabi Abi Chedid.

Veja a tabela do Brasileirão

Gustavo Apis, relacionado pela primeira vez com a equipe principal, passou pelo tradicional trote e teve a cabeça raspada por Lucca e Luiz Henrique. Antes do jogo, o técnico Roger Machado fez o discurso de incentivo.

- Erro zero é muito difícil acontecer, mas temos que buscar. Tem que minimizar o erro e ter capacidade de conseguir ter qualidade para decidir. A qualidade de cada um de vocês vai se encontrar dentro de campo. Deixa tudo lá dentro. No final do dia não tem reembolso, é tempo desperdiçado - disse Roger.

Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

O Flu chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas, com gols de Caio Paulista e Abel Hernández, saiu com um ponto de Bragança Paulista. Os jogadores exaltaram a postura da equipe, que atuou sem vários titulares, e Roger destacou a luta.

- Time de guerreiro, lutamos até o último minuto. Tem que ser assim. Um ponto fora de casa - comemorou Yago.

- Hoje deu certo porque nos entregamos até o final, porque não saímos do jogo mesmo com o placar de 2 a 0. Parabéns - completou Roger.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos