Trio que custou R$ 31mi ao Corinthians só faz figuração com Carille

Marquinhos, Giovanni e Guilherme ainda não fizeram gol no ano (Daniel Augusto Jr/Corinthians)

 

Fábio Carille conseguiu levar o Corinthians ao primeiro lugar na classificação geral do Paulistão praticamente sem os três reforços mais caros do time na temporada passada. Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Guilherme, que custaram R$ 31,5 milhões aos cofres alvinegros, têm papel absolutamente secundário em 2017.

Comprado por R$ 15 milhões, Giovanni Augusto foi quem mais entrou em campo: ele esteve em quatro dos nove jogos oficiais do time no ano. Foram apenas 146 minutos e nenhum gol. O meia se recuperou de contusão recentemente e esteve nos minutos finais do empate contra o Brusque, pela Copa do Brasil, e da vitória por 1 a 0 sobre o Santos, no Paulistão.

Já os direitos econômicos de Marquinhos Gabriel saíram por R$ 10,5 milhões e seu custo-benefício é ruim, principalmente neste ano. Ele vestiu a camisa alvinegra somente três vezes, totalizando 139 minutos. A última atuação ocorreu há quase um mês, em 11 de fevereiro, na derrota por 2 a 0 para o Santo André, em casa.

Assim como os meias, Guilherme não balançou as redes. Pior: o atacante de R$ 6 milhões soma duas partidas e míseros 51 minutos. Apesar de estar bem fisicamente, ele não é relacionado sequer para o banco. Sua última partida também ocorreu em 11 de fevereiro.

Guilherme é quem está mais perto de ser negociado. O Inter, que tenta contratá-lo desde janeiro, cogita oferecer o zagueiro Ernando em troca. Ernando é alvo do Timão desde o fim da temporada passada e o negócio pode evoluir nos próximos dias. A relação entre Carille e Guilherme não é das melhores há algum tempo.

QUANTO TEMPO O TRIO ATUOU NESTE ANO:

MARQUINHOS GABRIEL
– Jogos: 3
– Minutos em campo: 139
– Gols: 0

GIOVANNI AUGUSTO
– Jogos: 4
– Minutos em campo: 146
– Gols: 0

GUILHERME
– Jogos: 2
– Minutos em campo: 51
– Gols: 0

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: