Com trio de ferro garantido, Santos se vê pressionado contra a Ponte

As quartas de final do Campeonato Paulista já estão praticamente finalizadas. Após vitórias de Palmeiras, São Paulo e Corinthians, resta apenas mais um semifinalista, que será conhecido nesta segunda-feira, às 20h (de Brasília), no Pacaembu, no duelo entre Santos e Ponte Preta. Com o peso de ser o atual bicampeão e ter participado das últimas oito finais, o Peixe está em desvantagem contra a Macaca e corre sério risco de ser o único grande fora da próxima fase do Estadual.

Isso porque na partida de ida, a equipe comandada por Dorival Júnior perdeu por 1 a 0, em Campinas, com gol de William Pottker. Para conseguir a classificação, o alvinegro precisa vencer por dois gols de diferença. Uma vitória simples levará a decisão para os pênaltis. Caso seja derrotado ou a partida termine empatada, o alvinegro estará eliminado do Estadual.

Caso consiga reverter a vantagem e avance, o Santos terá pela frente o rival Palmeiras, repetindo as semifinais do último Paulista. Na oportunidade, o confronto aconteceu em um único jogo, disputado na Vila Belmiro. O Peixe saiu na frente com dois gols de Gabriel, mas Rafael Marques também balançou as redes duas vezes no fim e levou a decisão para os pênaltis. Nas cobranças, o goleiro Vanderlei brilhou, defendeu dois chutes e garantiu o alvinegro na final.

“Jogar em um time como o Santos é assim mesmo. É essa pressão sempre. É uma torcida que é acostumada a ganhar títulos. A gente tem de ter esse espírito vencedor. Espero que a gente consiga fazer uma grande exibição. Futebol se vive de vitórias. Sabemos das dificuldades, mas sabemos que somos capazes”, ressaltou o lateral-direito Victor Ferraz.