Trio de ataque do Flamengo soma mais gols do que Botafogo, Vasco e outros três clubes no Brasileiro

LANCE!
·2 minuto de leitura


O Flamengo vai para a última rodada do Campeonato Brasileiro como líder pela primeira vez na competição. Portanto, basta uma vitória para que o clube não dependa do resultado do Internacional, segundo colocado, e se consagre octacampeão. E, para isso, a estrela do poderoso ataque rubro-negro, sobretudo do trio Gabigol, Pedro e Bruno Henrique, será essencial.

Juntos, os atacantes carregam uma curiosidade : somam 35 gols no Brasileiro, um número superior a todos os gols marcados por Botafogo (31) e Vasco (34), arquirrivais do Fla, e outros três times - Fortaleza (34), Sport (31) e Coritiba (30).

Gabi, Pedro e Bruno Henrique têm 14, 13 e oito gols, respectivamente. Estão dentre os maiores contribuintes para que o Flamengo tenha o melhor ataque do Brasileirão, com 67 gols marcados.

Rogério Ceni, no entanto, apontou a chave do êxito nesta reta final para o trabalho coletivo:

- Eu não sei de nenhum time que vence pela qualidade individual. Um time defende como um todo, ataca como um todo. O coletivo sempre prevalece no individual. Não tiremos o mérito da individualidade. Mas isso aqui é o Flamengo, tem grandes jogadores. Na minha concepção de vida, o trabalho em grupo é sempre mais importante do que as individualidades. As jogadas dos dois gols (contra o Inter, na vitória por 2 a 1) foram coletivas.

Gabigol - Flamengo
Gabigol - Flamengo

On fire! Gabigol vem de seis gols nos últimos seis jogos (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Gabigol, Pedro e Bruno Henrique chegaram a atuar juntos por breves minutos no segundo tempo do último jogo. A tendência é que Gabigol e Bruno Henrique iniciem o duelo desta quinta-feira, contra o São Paulo, como titulares, enquanto Pedro segue como opção de luxo no banco de reservas.

A zaga do São Paulo, vazada em todas as partidas de 2021, que se cuide.

+ Confira e simule a última rodada do Brasileirão

Na rodada final, o Fla entra em campo precisando de uma vitória diante do São Paulo, no Morumbi, para não depender do Inter e levar o título. O Colorado, por sua vez, precisa fazer sua parte contra o Corinthians, no Beira-Rio, e torcer por um tropeço do time de Ceni. Os jogos serão nesta quinta, às 21h30.