Tribunal Administrativo de Paris rejeita recursos contra fim do Campeonato Francês


O Tribunal Administrativo de Paris rejeitou os recursos protocolados por Lyon, Toulouse e Amiens contra o término antecipado do Campeonato Francês no fim de abril por conta da pandemia do novo coronavírus, que deu o título ao Paris Saint-Germain. Os clubes entraram na justiça alegando prejuízos esportivos com a decisão tomada.

Toulouse e Amiens ocupavam as últimas colocações da tabela e acabaram rebaixados. Enquanto o Lyon, que estava em 7º lugar, almejava uma classificação melhor com 10 rodadas a serem disputadas.

A Liga de Futebol Profissional emitiu uma nota oficial para comentar sobre a polêmica envolvendo os clubes.

- O LFP tomou nota com satisfação da rejeição dos recursos interpostos pelo Olympique Lyonnais, Amiens SC e Toulouse FC perante o juiz do processo sumário do tribunal administrativo de Paris. Este último logicamente manteve, por três ordens feitas nesta tarde de sexta-feira, que as decisões de escopo geral tomadas pelo Conselho de Administração da Liga em 30 de abril só poderiam ser contestadas perante o Conselho de Estado, que é competente para ouvir atos de natureza regulatória adotados por autoridades com jurisdição nacional, como o LFP - diz o comunicado.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também