Coronavírus: TRF-3 suspende ordem que obriga Bolsonaro a entregar exames

Yahoo Notícias
TRF-3 suspende ordem que obriga Bolsonaro a entregar exames. (AP Photo / Eraldo Peres)
TRF-3 suspende ordem que obriga Bolsonaro a entregar exames. (AP Photo / Eraldo Peres)

Por Paulo Pacheco

O TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) suspendeu a ordem que obriga a AGU (Acvocacia Geral da União) a entregar até este sábado (2) os laudos de exames do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o coronavírus.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Monica Nobre, desembargadora, atendeu a um recurso da AGU e fixou prazo de até cinco dias para que haja análise do caso e aconteça a definição sobre a entrega ou não dos exames. 

Leia também:

Como Nobre atuou no plantão o prazo determinado é para que o relator original, Carlos Muta possa decidir sobre a entrega dos exames. 

Na quinta-feira anterior (30), a juíza federal Ana Lúcia Petri Betto, na da 14ª Vara Cível Federal de São Paulo, determinou que a Advocacia Geral da União forneça os laudos de todos os exames feitos por Bolsonaro sobre o coronavírus. 

 O presidente Jair Bolsonaro já havia informado em entrevista à Rádio Guaíba, que "talvez" já pode ter sido infectado pelo novo coronavírus, em um momento em que ele tem sido questionado judicialmente a divulgar o laudo com o resultado do exame --ele disse publicamente que os dois testes que fez deram negativo.

Na entrevista, o presidente disse que ordenou que a Advocacia-Geral da União recorra da decisão judicial de primeira instância que ordenou a entrega do resultado do exame. "Não cabe à Justiça se intrometer nessa questão", criticou ele, ao acrescentar que, se no final a Justiça determinar a entrega do documento, ele vai cumprir a ordem.

*com informações da Reuters

Leia também