É treta! MC Carol rebate declarações de Anitta sobre "pioneirismo" no funk

Yahoo Vida e Estilo
MC Carol e Anitta. Fotos: reprodução/Instagram/@mccaroldeniteroioficial e @anitta
MC Carol e Anitta. Fotos: reprodução/Instagram/@mccaroldeniteroioficial e @anitta

Uma entrevista antiga de Anitta causou rebuliço no mundo do funk. A confusão começou quando MC Carol publicou um vídeo com declarações da cantora, que descrevia seu “pioneirismo” no gênero musical, descrito por ela como dominado pelos homens no início de sua carreira. A funkeira, no entanto, discordou e resolveu rebater o argumento, lembrando que muitas outras artistas abriram caminho bem antes da Poderosa.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Gente, como assim? Quem abriu caminho foram as primeiras mulheres que entraram no funk, numa época que funkeiro era morto, levava tiro e era visto como bandido. Além dessas mulheres terem coragem de entrar nessa época, ainda eram desvalorizadas e humilhadas, só pelo fato de serem mulheres”, respondeu Carol, em publicação no Facebook.

Leia também:

A MC ainda fez questão de citar nomes importantes do gênero que lutaram contra o preconceito. “Até hoje somos, ainda ganhamos menos, não temos os mesmos tratamentos, mais naquela época era 100 vezes pior. Hoje, aliás, na época que eu entrei, que a Anitta entrou, já estava mamão com açúcar, amor. Máximo respeito a Cacau, Verônica Costa, Tati Quebra Barraco, Deise Tigrona, Deise Loura, MC Kátia, MC Nem, Valeska, DJ Grazi, Tati e as Gulosas, MC Sabrina etc…”, disse.

O vídeo, também publicado no Instagram de Carol, rendeu comentários de outras artistas. “Amada?”, ironizou Liniker. “Beloveeeed? Chama a Bethania, pelo amor”, rebateu Maria Gadú. E Linn da Quebrada reagiu com uma risada.

Com a polêmica armada, Carol ainda publicou outro vídeo, desta vez um trecho do documentário “Sou feia mas tô na moda”, de 2005, que retratava as expoentes do gênero musical, como Tati Quebra-Barraco.

Mas as declarações de Anitta também irritaram uma veterana do funk, MC Kátia, que publicou um vídeo indignado, reclamando da falta de reconhecimento. “Daqui a pouco você vai dizer que inventou a Furacão 2000”, disparou.

O desabafo chegou aos ouvidos de Anitta, que resolveu responder e amenizar o tom de suas declarações anteriores.

Na mensagem, ela reconhece a própria Kátia, além de MC Sabrina, Perlla e outras cantoras como referências em sua carreira.

Depois da resposta, Kátia avisou que decidiu apagar a publicação original e gravou um novo vídeo agradecendo a postura da cantora, de quem se diz fã.

A MC afirmou, no entanto, que havia se sentido ofendida com as entrevistas e quis defender a classe.


Anitta, mais uma vez fez textão e disse, entre outras coisas, que se sente responsável por muita coisa boa que tem acontecido com o funk atualmente.

“Mas sei que eu nem teria nada disso em mente se não tivesse crescido escutando e dançando vocês todas. Que bom que entendeu meu ponto e obrigada por falar aqui. Eu trabalho desde sempre no sonho de fazer com que o funk seja muito mais respeitado no Brasil inteiro em todos os estados e classes sociais.... e conhecido no mundo. Rock in Rio, Tomorrowland, rádios do próprio Brasil que antes tinham preconceito, gringos e muito mais. Obrigada pelo toque, pelo carinho, respeito e sinceridade. Eu não me ofendo com criticas construtivas de gente que realmente tem autonomia pra saber do que tá falando”, declarou.

Leia também