Treinador de Portugal revela pedido de desculpas do árbitro e comenta fúria de CR7 após gol não validado

LANCE!
·2 minuto de leitura


O confronto deste sábado entre Portugal e Sériva terminou com empate por 2 a 2, com a equipe da casa marcando com Mitrovic e Kostic, enquanto os visitantes balançando as redes com Diogo Jota duas vezes, ambas de cabeça. O gol anulado de Cristiano Ronaldo no último minuto do confronto chamou atenção pela fúria do jogador após o fim da partida. Fernando Santos, treinador de Portugal, comentou o caso e revelou que o árbitro pediu desculpas.

Veja a tabela das Eliminatórias

- O árbitro desculpou-se e eu tenho um grande respeito por ele mas não é admissível que, numa competição destas, não existam VAR ou tecnologia da linha de gol. É a segunda vez que me pedem desculpa depois de um jogo de eliminatórias - disse Fernando Santos.

O treinador de Portugal seguiu falando sobre o erro de arbitragem e do pedido de desculpas do árbitro da partida, Danny Desmond Makkelie, da Federação Holandesa.

- A bola estava meio metro dentro da baliza, não havia qualquer obstáculo entre o fiscal de linha e a linha de golo. Foi muito claro. Pediu-me desculpa mas isto não vai resolver o problema, vamos empatar na mesma. Os árbitros erram, são humanos, mas é para isto que existe o VAR - falou o treinador de Portugal.

- Não sei o que aconteceu, já me disseram que reagiu menos bem. É a frustração normal de quem faz o golo da vitória de Portugal e não conta. Não vou tocar nesse assunto - concluiu.

Com o resultado, a Sérvia termina a segunda rodada do Grupo A na liderança com quatro pontos. Portugal tem a mesma pontuação, porém perde no critério de desempate. Na próxima terça-feira (30), já pela terceira rodada, a Sérvia entra em campo às 13h (de Brasília) contra Azerbaijão. Portugal, por sua vez, atua no mesmo dia, mas às 15:45h (de Brasília), contra Luxemburgo.