Treinador do Napoli crê que Madrid terá de trabalhar contra a pressão

O Napoli precisará trabalhar para reverter o prejuízo de ter saído com a derrota no primeiro jogo das oitavas de final da Liga dos Campeões, contra o Real Madrid, quando perdeu por 3 a 1, jogando por um triunfo de ao menos dois gols de diferença em sua casa. No entanto, a obrigação dos merengues de se classificar pode ser um fator benéfico aos italianos.

Quem pensa desta maneira é o treinador Maurizio Sarri. O fato dos merengues serem a equipe badalada e poderosa do confronto coloca o peso de conseguir a vaga sobre eles, o que deixará o Napoli mais a vontade para atuar

“A pressão está toda no Real Madrid. Eles são campeões do mundo, os mais ricos, os melhores. Então, eles precisam se classificar. Entretanto, nossos torcedores são os melhores do planeta e toda a Europa verá isso amanhã. Eles provavelmente se classificarão, marcaram gols em 46 jogos consecutivos, mas certamente nós tentaremos dificultar”, comentou o treinador.

O meio-campista Marek Hamsik concorda com seu técnico, e aguarda uma atmosfera quente por parte da torcida no San Paolo.

 

“Vai ser um grande jogo. Não temos de sentir pressão, apenas desfrutar o momento, pois enfrentamos uma grande equipe, com elenco de campeões. Vamos jogar contra a equipe de mais sucesso no mundo e isso vai nos dar mais energia, juntamente com a força que vem dos nossos torcedores. Toda a cidade espera por esse momento, os torcedores todos vão nos apoiar. Acho que o hino se vai ouvir em Turim”, colocou.