Treinador de McGregor rebate possível queda de popularidade do lutador na Irlanda

Uma das principais estrelas do Ultimate, Conor McGregor vai enfim voltar a lutar pela organização neste sábado (18), contra Donald Cerrone, na luta principal do UFC 246. Mas ao contrário de outras épocas, em que sua luta atraía uma atenção em massa do público irlandês, dessa vez existe uma sensação que seus fãs não estão tão ansiosos.

Em entrevista ao podcast ‘Eurobash’ do site ‘MMA Fighting’, o treinador do irlandês, John Kavanagh, rebateu essa hipótese que o amor dos torcedores por McGregor na Irlanda esteja abalado. Segundo o técnico, o lutador ainda movimenta uma legião de apaixonados por onde anda no país e vive tietado.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Adoraria que as pessoas passassem um pouco de tempo, como eu, dirigindo pela cidade com Conor ou tendo que ligar para uma loja com Conor, sendo assediados por selfies, pessoas apertando sua mão e lhe dando parabéns”, disse Kavanagh, completando o raciocínio ratificando que o lutador segue em alta no seu país.

“Acho que as pessoas às vezes confundem a vida do Twitter com a vida real e acreditam em coisas no Twitter, mas  poucas pessoas estão no Twitter. Na vida real, quando você passa por Dublin e pelo aeroporto, há multidões gritando e correndo até nós. Não tenho certeza se concordo com isso, talvez haja algumas pessoas no Twitter que escreverão algo de bom depois que ele vencer, mas eu não prendo a respiração por isso”, completou.

Conor McGregor não luta desde outubro de 2018 quando foi derrotado por Khabib Nurmagomedov, em disputa do cinturão dos leves da organização. Antes desde duelo, o irlandês vinha de triunfos sobre Eddie Alvarez e Nate Diaz.

Leia também