Treinador de McGregor compra briga e ataca Mayweather: "Já bateu em namoradas"

Treinador principal de Conor McGregor, John Kavanagh parece estar disposto a entrar na briga de vez contra Floyd Mayweather, possível próximo adversário de seu pupilo em um duelo a ser realizado nas regras do boxe. E sem pensar duas vezes, o irlandês atacou a maior ferida aberta ao longo da carreira do pugilista americano.

Acusado de agredir sua ex-esposa, Mayweather viu seu nome se tornar alvo de movimentos contra abusos domésticos nos EUA e por pouco não encarou consequências jurídicas drásticas. Apesar disso, Kavanagh não se esquivou de cutucar o veterano.

“Ele já bateu em namoradas. Assisti ao ‘The Dog House’, e ele apenas para para mim o estilo de um bully. Ele faz os caras lutarem sem limites de rounds até que alguém esteja muito machucado. Ele não é uma boa pessoa”, provocou em entrevista coletiva na Austrália captada pelo jornal inglês ‘Metro’.

O clima de tensão e rivalidade vai de encontro à expectativa para o duelo. Maiores vendedores de pay-per-view da história do boxe e do MMA, os atletas poderiam movimentar milhões de dólares em duelo que garantiria, também,um embate curioso de personalidades.

“Sou fã das habilidades dele, mas, como pessoa, o jeito que ele controla sua academia, o jeito que ele se porta – digo, é um duelo de estilos, então vamos ver o que acontece. [McGregor] já é uma lenda do folclore irlandês. Mas fazer isso [lutar com Mayweather]? O que eu posso fazer além de tirar meu chapéu para ele, que está encarando o desafio? Ele quer lutar com um dos melhores pugilistas de todos os tempos”, finalizou