Treinador do Chile: “Não há nenhum jogo ao nível de Argentina x Chile”

O técnico da seleção chilena Juan Antonio Pizzi ignorou a rivalidade entre Brasil e Argentina para afirmar que o confronto entre Chile e o time de Lionel Messi é o maior das Eliminatórias Sul-Americanas. O treinador, que é argentino e terá de enfrentar seu país de origem, citou os grandes nomes envolvidos no jogo para justificar sua opinião.

“Estarão em campos melhores jogadores do mundo, que jogam nas melhores ligas do mundo. Nestas Eliminatórias não há nenhum outro jogo ao nível de um Argentina x Chile”, disse Pizzi.

Chile e Argentina se enfrentarão nesta quinta-feira em um confronto direto por uma vaga na próxima Copa do Mundo. Atualmente na quinta colocação, o time de Messi e companhia segue na zona de repescagem, com 19 pontos, no entanto, uma vitória no Monumental de Núñez fará a equipe albiceleste assumir a quarta colocação, que atualmente pertence aos rivais chilenos.

Além da disputa por uma melhor posição na tabela, o duelo marcará o reencontro dos países que decidiram as duas últimas Copas Américas, em que o Chile acabou levando a melhor.

Já a Argentina, jogando em casa, tentará utilizar a força de sua torcida para acabar de vez com a má fase nessas Eliminatórias e afastar qualquer possibilidade de ficar de fora da próxima Copa do Mundo. Com todos os jogadores à sua disposição, com exceção de Dybala, que é dúvida, o técnico Edgardo Bauza quer um novo triunfo após a importante vitória na última rodada sobre a Colômbia, outra forte seleção do continente.

A Argentina recebe o Chile nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), no estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires. Os quatro primeiros colocados das Eliminatórias Sul-Americanas se classificam diretamente para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, enquanto o quinto colocado disputará a repescagem com uma seleção da Oceania.