Traoré e Ziyech brilham, Ajax goleia e encaminha vaga para final

Em uma partida eletrizante na Amsterdam Arena, o Ajax contou com grandes atuações de Traoré e Ziyech para vencer o Lyon por 4 a 1, no jogo de ida da semifinal da Liga Europa. Durante os 90 minutos de muito bom futebol, com os dois clubes jogando de forma bonita e ofensiva, o atacante de Burkina Faso deu uma assistência e marcou dois gols. Já Ziyech deu três assistências.

As duas equipes voltam a se enfrentar na quinta-feira, dia 11, às 16h05, no Parc Olympique Lyonnais. O time que avançar nesta semifinal encontrará na grande final o vencedor de Manchester United e Celta no dia 24 de maio, em Estocolmo.

Os comandados de Bruno Génésio precisarão vencer por 3 a 0 ou por quatro gols de diferença para se classificar caso sofram gols. Um 4 a 1 para o Lyon leva a partida para a prorrogação. Já os holandeses podem perder por dois gols de diferença ou por três gols de diferença se marcarem dois ou mais gols.

O próximo jogo dos franceses é contra o Nantes, pelo Campeonato Francês, no domingo. Já o Ajax enfrenta o Go Ahead Eagles, pelo Campeonato Holandês, também no domingo.

O jogo

O Lyon começou a partida com uma postura imponente, buscando pressionar a saída de jogo da equipe da casa e tentando ter mais posse de bola. A primeira grande oportunidade veio aos 10 minutos. Após trabalhar bem a jogada, a bola foi cruzada da linha de fundo e Cornet finalizou da entrada da pequena área, contudo o goleiro fechou bem e conseguiu colocar a bola para a linha de fundo.

Em sua primeira chance na partida, aos 25 minutos, o Ajax abiu o placar com Traoré. Em cobrança de falta pelo lado direito do campo, Ziyech levanta a bola em direção ao meio da grande área e o atacante de Burkina Faso desvia. A bola quica e morre no canto esquerdo da meta adversária, sem chances para o goleiro Anthony Lopes.

Depois do primeiro gol, os mandantes começaram a igualar o jogo e ter mais a posse da bola. O time holandês voltou a ser oportunista e ampliou a sua vantagem. O Ajax pressionou e o goleiro deu um chutão alto e com pouca distância. Traoré ganhou no alto e cabeceou para frente, deixando Kasper Dolberg à frente te Anthony Lopes. O atacante apenas bateu cruzado na saída do goleiro e deixou o jogo em 2 a 0.

Aos 42 minutos, o Lyon conseguiu armar a jogada com muita velocidade e, depois de lançamento, Morel bateu de primeira para Ferkir chutar e parar no goleiro. Dois minutos depois, o Ajax tabelou bem e Younes saiu na cara de Lopes, que fez uma boa defesa, impedindo o terceiro.

Logo na volta do intervalo a equipe da casa marcou o seu terceiro gol. Ziyech lançou Younes, que dominou a bola dentro da grande área, cortou para o meio e finalizou. A bola desviou no zagueiro e entrou na meta defendida pelos franceses. Após um pequeno momento de indefinição, o árbitro confirmou o gol.

Com o Lyon tentando ser mais ofensivo, os holandeses conseguiram ter campo e assustaram os visitantes. Aos dez minutos, Dolberg recebeu a bola na entrada da área e mandou uma bomba no ângulo, mas o goleiro da equipe francesa fez uma boa defesa.

Sempre sendo paciente e utilizando da habilidade individual, o Ajax continuava criando boas oportunidades e assustou aos 18 minutos. Traoré invadiu a área pelo lado direito, pedalou, puxou a bola para o pé esquerdo e mandou um chute muito forte.

Minutos depois veio o primeiro gol do Lyon. Depois de cruzamento ser cortado, Valbuena recebeu a bola dentro da área, dominou, teve tempo para pensar e tocou com muita categoria no lado esquerdo do gol, sem chances para Onana.

A equipe de Bruno Génésio cresceu com o gol e criou uma grande oportunidade aos 23 minutos com Fekir saindo cara a cara com o goleiro, mas parando em Onana. Apesar disso, o Ajax conseguiu dar a resposta aos 25 minutos. Klaassen enfiou para Ziyech, que cruzou. Traoré fechou e empurrou a bola para o fundo do gol da linha da pequena área.

A partida, que já estava muito emocionante, viveu cinco minutos eletrizantes com a equipe da Holanda chegando bem ao ataque três vezes e com os visitantes forçando duas grandes defesas de Onana em seguida. Nos últimos minutos, O Ajax conseguiu pressionar, entretanto o goleiro do Lyon fechou o gol.