Retrospectiva: maiores transações da história do futebol aconteceram na última década

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Podemos dizer tranquilamente que a última década do futebol mundial foi a que movimentou mais dinheiro em toda história do esporte.

Nada menos que as 10 maiores transferências de todos os tempos aconteceram de 2010 para cá. Relembre quem está nesta lista milionária!

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Neymar - 222 milhões de euros

O atacante do Barcelona foi para o Paris Saint-Germain em 2017 depois de muitas polêmicas com o Fisco espanhol. Na França, o brasileiro também teve seu nome lembrado mais fora de campo do que dentro das quatro linhas. Há boatos de que ele vai voltar para a Catalunha. Será?

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Kylian Mbappé - 135 milhões de euros

Essa joia francesa de 21 anos foi para o PSG em 2018 e esteve naquele time do Monaco que encantou a Europa - além de ter brilhado na Rússia com a França campeã da Copa. Ele tem tudo para ser o melhor do mundo assim que Messi e Cristiano Ronaldo saírem de cena.

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

João Félix - 126 milhões de euros

O melhor jogador de Portugal desde Cristiano Ronaldo? O Atlético de Madrid aposta que sim e não poupou dinheiro ao contratar o jovem atacante do Benfica neste ano. Até agora ele tem mostrado por que foi tão caro.

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Antoine Griezmann - 125 milhões de euros

O sonho antigo do Barcelona finalmente se concretizou neste ano. O atacante francês, que para muitos só ainda não foi o melhor do mundo por causa da dupla CR7 e Messi, agora tem finalmente a chance de levantar um troféu da Liga dos Campeões depois de bater na trave com os Colchoneros na temporada 15/16.

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Philippe Coutinho - 120 milhões de euros

O brasileiro que teve temporadas muito boas no Liverpool foi para o Barcelona em 2018 tendo a certeza que iria se encaixar no esquema do clube catalão. Não foi bem assim. Tanto que o time espanhol o emprestou para o Bayern de Munique com a cláusula de preferência de compra para o time alemão. Será que na Baviera ele vai se encontrar?

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Ousmane Dembélé - 105 milhões de euros

Se a saída do ponta francês do Borussia Dortmund para o Barça não foi das mais tranquilas - isso em 2017 -, seu comportamento também não colabora para um rendimento melhor na nova casa. As constantes lesões e a falta a um treinamento sem justificativa já queimaram um pouco o filme de Dembélé na Camp Nou.

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Paul Pogba - 105 milhões de euros

O talentoso meio-campista francês teve excelente passagem pela Juventus, com quatro scudettos e uma final da Liga dos Campeões. Sua ida para o United, em 2016, fez com que a torcida dos Red Devils sonhassem com dias melhores. Pogba começou de forma “morna” (principalmente no comando de Mourinho), mas vem melhorando o nível de suas apresentações, o que dá mais esperança aos torcedores.

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Eden Hazard - 100 milhões de euros

O grande símbolo dessa vitoriosa e talentosa geração belga brilhou no Chelsea, com dois títulos do Inglês, duas Liga Europa e uma Copa da Inglaterra. É claro que chamou a atenção dos gigantes europeus, sobretudo do Real Madrid, que o contratou este ano. Tudo bem que ele ainda não rendeu o esperado, mas nesta temporada o time merengue como um todo está deixando a desejar.

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Cristiano Ronaldo - 100 milhões de euros

Depois de quebrar todos os recordes no Real Madrid e tornar-se o maior jogador da história do clube, CR7 quis mais. Na Juventus desde a temporada passada, a grande meta do português é levar a Velha Senhora ao título da Liga dos Campeões. Caso consiga, seria pelo terceiro time diferente, já que ganhou uma pelo Manchester United e nada menos que quatro pelo Real.

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Gareth Bale - 100 milhões de euros

Um dos grandes nomes da história do Tottenham foi contratado a peso de ouro pelos galácticos em 2013. Muitos esperavam que ele fosse um dos protagonistas do time. Não foi o que aconteceu, principalmente nos tempos em que Zidane comandou o time nas temporadas vitoriosas de Liga dos Campeões. O nome do galês sempre está na lista de “possíveis transferências” no período das janelas de negociações. Todavia, esse movimento, até agora, nunca passou de boato.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos