Tranquilo na ponta, Irã bate a China e complica rival nas Eliminatórias

Agora, equipe de Marcelo Lippi está a sete pontos da repescagem, restando três jogos

O Irã segue imbatível nas Eliminatórias da Ásia. Desta vez, em casa, pela sétima rodada do Grupo A, bateu a China por 1 a 0, com gol de Mehdi Taremi, na manhã desta terça-feira.

Se deixa o Irã com um pé na Copa do Mundo de 2018, o resultado no Azadi Stadium complica - e muito - a vida da China. Isso porque, a equipe de Marcelo Lippi permanece com apenas cinco pontos e na quinta posição. Os iranianos, por sua vez, lideram com folga - 17 pontos.

A maior esperança da China, ao que tudo indica, será a repescagem, que é para o terceiro lugar, ocupado, atualmente, pelo Uzbequistão (12 pontos). Dando vaga direta, o segundo lugar é integrado pela Coreia do Sul, que tem 13 pontos. À frente dos chineses, em tempo, ainda tem a Síria (oito pontos).



UZBEQUISTÃO TAMBÉM TRIUNFA

Contra a seleção mais frágil do Grupo A, o Uzbequistão suou, mas chegou à vitória diante do Qatar, também nesta terça-feira, em casa. O gol da vitória do duelo, mais equilibrado do que o esperado, foi marcado por Akhmedov.

E MAIS: