Tranquilo, 'Jacaré' afirma que rotina pré-UFC da esposa é mais difícil que a sua

Ronaldo ‘Jacaré’ mira estrear com o pé direito nos meio-pesados – Tobias Bunnenberg

Ser responsável por fazer a luta principal do Ultimate em um evento no Brasil poderia mexer com a cabeça de qualquer lutador. Mas esse não é o caso de Ronaldo ‘Jacaré’. Neste sábado (16), pela primeira vez desde que estreou na franquia, o brasileiro vai liderar um show no seu país, em duelo contra Jan Blachowicz, válido pelo peso-meio-pesado (93 kg). Porém, em clima descontraído, revelou que sua semana é mais tranquila que de sua esposa.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Casado com Larissa Carvalho e pai de três filhos, ‘Jacaré’, pelo evento de sábado, está longe de sua casa, atualmente nos Estados Unidos, e deixou a missão de assumir as responsabilidades do lar com sua mulher. O lutador, em conversa com a reportagem da Ag. Fight durante o media day realizado na última quinta-feira, na capital paulista, disse que é mais fácil entrar no octógono, lutar e dar entrevistas do que cuidar das tarefas domésticas sem ajuda de ninguém.

“Acredito que é uma semana tranquila. Por exemplo, minha esposa está em casa com meus três filhos. É mais duro para ela do que para mim. Eu sou um ajudante da minha esposa, tipo um braço esquerdo que não faz muita coisa. Coloco as crianças para dormir, o cachorro no lugar dele. Ajudo. Mas quando chego em casa, fico com as crianças e mando minha esposa embora, porque minha semana é menos dura do que a dela (risos). E olha que saio na porrada e dou um monte de entrevistas. Mas tenho certeza que a semana dela é mais dura”, brincou.

O UFC São Paulo também vai marcar uma outra estreia para ‘Jacaré’. O faixa-preta de jiu-jitsu vai se apresentar pela primeira vez na categoria dos meio-pesados, após decidir subir do peso-médio (84 kg). Empolgado pelo novo desafio, o brasileiro não se importa com a diferença de peso para seu rival, que já está acostumado na divisão e confia no seu jogo para poder debutar com o pé direto.

“A mente está (pronta) para entrar e vencer, está preparada para lutar. Vi nos olhos do meu adversário que ele também está muito animado para lutar, com sangue nos olhos para vencer e será uma grande luta. (…) Ele (Blachowicz) é bem grande para a categoria, está na semana de perda de peso e deve ser por isso que parece estar menor. Mas não quero saber disso. Vou chegar lá, colocar meu jogo em prática para vencer”.

No MMA profissional desde 2003, Ronaldo chegou na modalidade com o status de multicampeão do jiu-jitsu. Entretanto, a carreira do brasileiro não foi só de glamour. Nascido no Espírito Santos, o atleta se mudou para Manaus, onde aprendeu a arte suave. Recapitulando toda sua carreira, ‘Jacaré’ se mostra grato por tudo que conquistou até chegar a esse patamar no maior evento de lutas do planeta.

“É uma loucura. Ser protagonista em um evento em São Paulo é surreal para mim. Não acredito”, completou o atleta que não luta desde abril deste ano, quando foi superado por Jack Hermansson, na decisão dos jurados.

A luta entre Blachowicz e ‘Jacaré’ servirá como ‘main event’ no card com sede no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Já no ‘co-main event’, outra luta de meio-pesados envolvendo brasileiro. Maurício ‘Shogun’ mede forças com Paul Craig, a fim de manter a boa fase no UFC.

Leia também