Trágico na defesa e estéril no ataque, Vasco volta a perder em casa pela Série B, desta vez para o Avaí

·3 minuto de leitura


E o Vasco segue cambaleante na Série B do Campeonato Brasileiro e perdeu mais uma. Não tem sido novidade a equipe jogar mal, só que desta vez foi contra o Avaí, que era o lanterna e até então não tinha vencido na competição. O 2 a 0 teve gols de Getúlio e Renato, falhas defensivas do Cruz-Maltino e péssimo poder de criação. Foi a segunda derrota vascaína em dois jogos em São Januário na competição.

Cercando
Com mudanças por questões físicas e técnicas, o Vasco começou cercando, mas sem conseguir gerar perigo efetivo. Dois chutes antes dos dez minutos explodiram na marcação. Ao contrário, foi o Avaí quem assustou primeiro: um chute foi para fora e outro foi defendido por Vanderlei.

Visitante aproveita falhas
Até que o time visitante fez linha de passe pelo alto. Aos 27, a marcação errou, Vinícius Leite ajeitou para Getúlio e o placar foi aberto. Ricardo Graça até chegou a empatar, mas a bola havia batido no braço do zagueiro e a jogada foi anulada. Aos 42, Léo Matos chutou, a bola desviou e quase enganou o goleiro. Mas o próprio Léo falharia no domínio dois minutos depois. A bola rolou para a pequena área, Getúlio dividiu com o goleiro vascaíno e a bola sobrou para Renato empurrar para o gol, ampliando o placar.

Tentativas e sustos
Antes do fim do primeiro tempo, Gabriel Pec e Michel tiveram chances, mas não conseguiram diminuir o prejuízo. O time cruz-maltino voltou do intervalo com alterações, Cano assustou com três minutos, só que foi o time visitante quem quase ampliou. Vinícius Leite chutou forte e Vanderlei defendeu aos 15 minutos.

Pouco mais de cada time
E se Valdívia não deixou saudade na curta passagem em São Januário, em três minutos como visitante deu um susto num chute que Vanderlei precisou defender e outro susto quando acertou a bola no travessão. O Vasco fez novas alterações, cercou mais o gol do Avaí, mas não conseguiu gerar real perigo. além de um chute de Daniel Amorim, espalmado pelo goleiro. Nova atuação ruim. Agora com derrota, e em casa.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 2 AVAÍ


Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 16 de junho de 2021, às 19h
Árbitro: Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
Assistentes: Marcus Vinicius Gomes (MG) e Fernanda Nãndrea Gomes Antunes (MG)

Cartões amarelos: Marquinhos Gabriel, Miranda, Morato e Galarza (VAS); Bruno Silva, Jean e Felipe Camargo (AVA)
Cartões vermelhos: Ninguém

Gols: Getúlio, aos 27'/1ºT (0-1) e Renato, aos 44'/2ºT (0-2)

VASCO: Vanderlei, Léo Matos (Cayo Tenório, 36'/2ºT)), Miranda, Ricardo Graça e Zeca (Riquelme, 18'/2ºT); Michel e Juninho (Daniel Amorim, Intervalo); Gabriel Pec (Morato, 18'/2ºT), Marquinhos Gabriel e Léo Jabá (Galarza, Intervalo); Cano - Técnico: Marcelo Cabo.

AVAÍ: Gledson, Edilson, Alan Costa, Alemão e Diego Renan; Bruno Silva, Wesley (Jean, 13'/2ºT) e Lourenço (João Lucas, 28'/2ºT); Vinícius Leite (Valdívia, 19'/2ºT), Getúlio (Jonathan, 13'/2ºT) e Renato (Iury, 28'/2º) - Técnico: Claudinei Oliveira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos