Touca de natação para cabelo afro é vetada na Olimpíada de Tóquio: 'Inclusão é fundamental'

·1 min de leitura

A Federação Internacional de Natação (Fina) rejeitou o pedido para certificação de toucas especiais para cabelo afro na Olimpíada de Tóquio, iniciadas no próximo dia 23, no Japão. A requisição foi enviada pela empresa britânica Soul Cap. As toucas maiores seriam a forma mais adequada de competidores negros com dreadlocks, tranças, encaracolados ou crespos disputarem a modalidade aquática.

Segundo a Fina, o veto é explicado por não seguirem "a forma natural da cabeça".

Leia também:

- Para os nadadores mais jovens, sentir-se incluído e ver-se praticando um esporte ainda jovem é fundamental. A recente proibição da Fina (sigla em inglês para a Federação Internacional de Natação) pode desencorajar muitos atletas mais jovens de praticar o esporte à medida que progridem na natação competitiva local, municipal e nacional - lamentou os fundadores da Soul Cap, Toks Ahmed e Michael Chapman.

Em entrevista à Radio 1 Newsbeat, a nadadora Kejai Terrelonge, de 17 anos, afirmou não estar surpresa sobre a decisão. A jovem ainda destaca as barreiras enfrentadas como mulher negra para se encaixar nos padrões exigidos pela federação.

- Usava as toucas menores que todo mundo usa — cabia na minha cabeça, mas como eu colocava óleo [protetor] no meu cabelo, quando estava nadando, ela simplesmente escorregava, e meu cabelo ficava molhado - disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos