Tottenham termina 2019 com uma das piores marcas defensivas da Inglaterra

Em 10 jogos no clube londrino, Mourinho já viu os Spurs cometerem o mesmo número de erros fatais vista em sua última temporada no Manchester United
Em 10 jogos no clube londrino, Mourinho já viu os Spurs cometerem o mesmo número de erros fatais vista em sua última temporada no Manchester United

Apesar das mudanças feitas por José Mourinho, em meio ao excesso de jogos realizados no fim de dezembro, o Tottenham era favorito para conseguir uma vitória sobre o Norwich, neste sábado (28), pela 20ª rodada da Premier League.

No entanto, ainda que tenha demonstrado brio para empatar duas vezes nos 2 a 2 com o último colocado na tabela, o Tottenham de José Mourinho segue e demonstrar um problema que já se fazia presente com o antecessor Mauricio Pochettino: a fragilidade na defesa.

Considerando o ano de 2019, de janeiro a dezembro, o Tottenham foi o único clube inglês a conseguir ficar apenas um jogo sem sofrer gols quando atua fora de casa. É a pior marca considerando os 20 times na disputa da Premier League.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em 10 jogos, José Mourinho viu o seu time cometer dois erros cruciais que terminaram em gol do adversário – o último deles exatamente contra o Norwich. Em sua última temporada no Manchester United, o português viu a sua ex-equipe cometer o mesmo número de erros fatais em 24 duelos, considerando todas as competições.

Ainda que no ataque o time venha melhorando sob o comando do português, o sonho de voltar a garantir uma vaga na próxima edição da Champions League passa por ajeitar os problemas defensivos.

Atualmente o Tottenham ocupa a quinta posição e pode terminar a rodada a cinco pontos do Chelsea, quarto colocado, que tem um jogo a menos e hoje ficaria com a última vaga para a próxima edição do torneio europeu.

Leia também