Torneio pan-americano de futebol pode se tornar evento frequente, dizem Concacaf e Conmebol

Por Brian Homewood

Por Brian Homewood

ZURIQUE (Reuters) - Um torneio pan-americano de futebol semelhante à Copa América Centenário do ano passado pode vir a ser disputado a cada dois ou quatro anos, dependendo das negociações entre as duas confederações envolvidas.

Victor Montagliani, presidente da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (Concacaf), disse à Reuters que já houve conversas significativas com a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) a respeito da organização de futuras competições.

O novo torneio seria, na prática, uma fusão da Copa Ouro da Concacaf e da Copa América, que poderiam deixar de existir separadamente.

A Copa América, a competição continental mais antiga do mundo, vem sendo organizada pela Conmebol desde 1916, e o campeonato da Concacaf teve início em 1963 e foi rebatizado de Copa Ouro em 1991.

A Copa América vem sendo prejudicada por só contar com 10 times, e a Copa Ouro, tradicionalmente dominada pelo México e os Estados Unidos, sofre com a falta de equipes de nível internacional.

"Tivemos algumas discussões significativas com nossos amigos da Conmebol em termos de ir adiante com um (torneio) com uma frequência maior, ao invés de algo ocasional", disse Montagliani.

A nova competição, que não aconteceria antes de 2020, seria "semelhante ao que a Centenário foi, no sentido de que foram times da Concacaf e da Conmebol", acrescentou o canadense.

Indagado se isso significaria descartar a Copa Ouro e a Copa América, ele respondeu: "Estas são algumas das coisas sobre as quais estamos conversando – seria viável ainda ter uma Copa Ouro, em nosso caso?"

"Se você tem este tipo de situação, estas são coisas que estão sendo analisadas".

(Por Brian Homewood)