Torneio de futebol sub-14 tem briga entre pais na Grande São Paulo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A final do torneio interclubes de futebol, na categoria sub 14, foi interrompida por uma briga entre pais dos adolescentes e torcedores que acompanhavam a partida na arquibancada. Os times do São Paulo e do Esporte Clube Pinheiros disputavam o título.

O Pinheiros venceu o adversário por 2 a 0. O torneio é realizado por sócios dos clubes e, portanto, não é uma competição profissional disputada pela categoria de base do São Paulo.

O episódio ocorreu no domingo (6), em Embu das Artes (SP). Após a expulsão de dois jogadores, um de cada clube, houve uma confusão na torcida. Dois homens trocaram golpes e pontapés e, em seguida, foram separados.

Procurado, o Pinheiros informou que o conflito "foi rapidamente resolvido pelos presentes, sendo acrescentados apenas três minutos ao tempo regulamentar [do jogo]". E que não foi necessário intervenção da polícia.

"A partida teve encerramento normal, com os atletas confraternizando em campo", diz ainda a nota do clube. "De qualquer modo, o Esporte Clube Pinheiros reafirma que é contrário a qualquer tipo de violência em campo ou entre torcidas, colocando-se sempre à disposição das autoridades".

O São Paulo Futebol Clube não se manifestou.

No domingo, também foi disputado o torneio das categorias sub 11 e sub 13.