Torneio feminino de tênis de Osaka é anulado pela COVID-19

AFP
(Arquivo) Naomi Osaka conquista o Pan Pacific Open, de Osaka, em 22 de setembro de 2019
(Arquivo) Naomi Osaka conquista o Pan Pacific Open, de Osaka, em 22 de setembro de 2019

O Pan Pacific Open de Osaka, no Japão, um dos mais importantes torneios da WTA na Ásia, marcado para novembro, foi cancelado devido à pandemia do novo coronavírus - anunciaram os organizadores nesta terça-feira (28).

"Tentamos imaginar um torneio com um público reduzido, ou mesmo sem espectadores", mas "nos rendemos à evidência de uma anulação diante das dificuldades de garantir a segurança" de todos os participantes, disseram os organizadores em um comunicado.

O Pan Pacific Open havia sido adiado de setembro para novembro, na esperança de que o torneio pudesse ser realizado.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Organizado desde 1984, o torneio foi conquistado pela japonesa Naomi Osaka no ano passado.

Trata-se de mais um duro golpe para os esportes no Japão, após o adiamento para 2021 dos Jogos de Tóquio, que deveriam ter começado na semana passada.

O cancelamento do Pan Pacific Open se soma ao anunciado na sexta-feira para todas as competições de tênis ATP e WTA agendadas na China até o final do ano: Master de Xangai e Aberto da China, em Pequim, para homens; e Open WTA de Wuhan, para mulheres.

O Aberto da Coreia do Sul, em Seul, em outubro, é o último torneio WTA ainda no programa na Ásia.

Paralisada em meados de março, a temporada de tênis não foi retomada desde então.

O primeiro compromisso no calendário é o torneio WTA em Palermo, na Itália, em 3 de agosto.

O Masters 1000 de Cincinnati e o US Open estão anunciados para Nova York, a partir de 20 de agosto, mas dúvidas sobre sua possível disputa surgem regularmente, devido à grande propagação do vírus nos Estados Unidos.

Leia também