Torneio de Cincinnati anuncia que vai permitir 100% de lotação em agosto

·1 minuto de leitura
Vista geral da quadra do torneio de tênis de Cincinnati, que nesta quinta-feira anunciou que vai permitir uma lotação total em sua próxima edição em agosto

O torneio de tênis de Cincinnati, Masters 1000 do circuito masculino e WTA 1000 do feminino, anunciou nesta quinta-feira que permitirá lotação total de espectadores em sua próxima edição, agendada para ocorrer de 14 a 22 de agosto.

O torneio, que acontece antes do Aberto dos Estados Unidos, é o primeiro no país a anunciar o levantamento das restrições públicas desde o início da pandemia de coronavírus.

"Conforme instruído pelas autoridades locais, estamos ansiosos para receber os fãs novamente", disse a diretora de operações do torneio, Katie Haas.

"Os torcedores trazem muita energia e entusiasmo para o nosso evento e sentimos muito a falta deles no ano passado", destacou.

O torneio de Cincinnati volta a esta cidade do estado de Ohio em agosto, após ter sido transferido para Nova York em 2020 para reduzir as viagens dos jogadores que competiram no US Open, torneio do Grand Slam.

As competições de tênis realizadas nos Estados Unidos desde o início da pandemia ocorreram sem espectadores ou com um público muito reduzido.

Este ano, o Masters 1000 de Miami foi disputado entre o final de março e o início de abril com um número limitado de espectadores (cerca de 15% da capacidade).

Nem o US Open (setembro) nem o Indian Wells Masters 1000 (outubro) anunciaram planos para operar com capacidade total.

Os organizadores do torneio de Cincinnati disseram que podem impor protocolos de saúde e segurança, se for necessário.

rcw-gbv/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos