Torcidas de Bahia e Vitória brigam antes de clássico no Estadual

Cerca de 30 torcedores foram detidos. A lista inclui o presidente da principal organizada do Vitória 

O retorno da torcida mista no clássico Ba-Vi não foi como o desejado. Cerca de uma hora antes do clássico, torcedores das duas equipes protagonizaram uma briga em duas regiões perto da Fonte Nova: Dique Tororó e na Ladeira da Fonte.

Nem mesmo a suspensão das principais organizadas dos rivais e uma campanha contra à violência impediu os times de brigarem. A PM agiu rapidamente, utilizou bombas para expulsar os brigões, ninguém morreu e cerca de 30 pessoas foram detidas.

Um dos levados à delegacia é o presidente da Torcida Uniformizada os Imbatíveis (TUI), Gabriel Oliveira. Ainda não há informações sobre feridos. A TUI recebeu, em março, uma suspensão de 60 dias por uma briga em um jogo de basquete com o Vasco no NBB, no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras.

- É um fato lamentável, porque aqui é um lugar para famílias, para pessoas civilizadas se divertirem, não para fazer guerra de gangue e criar tumulto - lamentou a o delegado Lúcio Ubiraci.

Bahia e Vitória se enfrentam pela décima e penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Baiano. Apesar de ser jogo da penúltima rodada, é uma partida adiada e fecha a primeira fase.







E MAIS: