Torcida do Vasco quase esgota ingressos e atinge percentual de venda superior ao de clubes da Série A

·1 min de leitura

A torcida do Vasco transformou-se em um importante trunfo nesta reta final da Série B. Na última rodada, o time contou com um público grande, levando em conta o período de abertura inicial pós-pandemia de Covid-19, que empurrou o time na vitória sobre o Coritiba, em São Januário, por 2 a 1. Foi o terceiro jogo no estádio desde a reabertura para os torcedores.

O público total na partida do último sábado foi de 6.245 pessoas dos, quais 6.213 pagaram ingresso para ver os gols de Nenê e Cano, que levaram o Vasco à oitava colocação e o mantiveram na briga pelo acesso à elite. Esse número representa cerca de 80% dos 7.700 ingressos que foram colocados à venda. Esse percentual supera o de times da Série A na rodada do fim de semana, entre eles Flamengo e Palmeiras.

No último domingo, 17, para o 0 a 0 com o Cuiabá, nono colocado, o Flamengo, vice-líder do Brasileiro, disponibilizou 16 mil assentos do Maracanã, dos quais 8.299 foram ocupados, sendo 7.711 pagantes. No total, a procura representou 48% dos ingressos ofertados.

Também no domingo, o Palmeiras, quarto colocado da Série A, encarou o Internacional, sétimo na tabela, em casa, no Allianz Parque, em São Paulo. Dos 20 mil ingressos colocados à venda, 11.111 foram comercializados, o que corresponde a uma venda de 55% do total disponível.

A vitória de 2 a 1 contra o Coritiba fez as chances de o Vasco retornar à Série A subirem para 18.9%, de acordo com os números do Departamento de Matemática da UFMG. Com mais oito rodadas pela frente, o clube volta aos campos neste sábado, 24, para enfrentar o Náutico, no Estádio dos Aflitos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos