Torcida do Flamengo leva faixas contra diretoria, Paulo Sousa e Conmebol 'racista' ao Maracanã


Impaciente com a fase turbulenta do Flamengo, dentro e fora dos gramados, a torcida rubro-negra protestou contra a diretoria e o técnico Paulo Sousa, com faixas e xingamentos, antes mesmo do jogo diante da Universidad Católica, pela Libertadores, nesta terça-feira. Sobrou também para a Conmebol.

placeholder

Ainda nas redondezas no Maraca, antes de a bola rolar, uma faixa com os dizeres "Fora, Braz", em ataque ao vice-presidente de futebol do Fla, foi vista. E , quando a delegação chegou ao estádio, algumas pessoas viraram para o ônibus e xingaram Paulo Sousa.

Já nas arquibancadas, cartazes pedindo a saída do técnico, além da queda de Braz e do presidente, Rodolfo Landim, também estavam presentes em alguns setores.

Atrás de uma das balizas, um grupo de flamenguistas estendeu uma faixa que dizia o seguinte: "Conmebol racista". A entidade ainda não anunciou qual será a punição após um torcedor da Católica que, no jogo da ida pelo Grupo H da Libertadores, imitou um macaco em direção aos rubro-negros, em Santiago, no Chile.

Aliás, atos de vandalismo também ocorreram contra a torcida do Fla, que chegou a cobrar punição através de uma nota oficial.

Faixa - Conmebol - Maracanã
Faixa - Conmebol - Maracanã

Faixa 'Conmebol racista' (Foto: Matheus Dantas / LANCE!)

> Veja e simule a tabela da Libertadores

Vale lembrar que o Flamengo, do pressionado Paulo Sousa, volta ao Maracanã depois de 27 dias. E o jogo desta noite foi o primeiro de cinco consecutivos no estádio. Os outros serão contra Goiás (Brasileiro), Sporting Cristal (Libertadores), Fluminense (Brasileiro) e Fortaleza (Brasileiro).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos