Torcida decide ignorar Mauricio Souza após postagens homofóbicas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Mauricio Souza em ação pela seleção brasileira nas Olimpíadas de Tóquio Foto: Toru Hanai/Getty Images)
Mauricio Souza em ação pela seleção brasileira nas Olimpíadas de Tóquio Foto: Toru Hanai/Getty Images)

A Independente, principal torcida do Minas Tênis Clube, anunciou nesta quinta (21) que vai ignorar o central Mauricio Souza, da Seleção Brasileira e contratado pela equipe para a nova temporada da Superliga, por causa de postagens homofóbicas do jogador nas redes sociais. 

No comunicado, a torcida afirma que se propôs a manter com ele o mesmo respeito dado a outros atletas, não julgando as opiniões pessoais dos jogadores e jogadoras da equipe, mas que a atitude se tornou impossível após "o atleta repetir posicionamentos homofóbicos e manifestações preconceituosas" nas últimas semanas.

Leia também:

A torcida promete seguir apoiando os times minastenistas, mas afirma que irá ignorar Mauricio em posts nas redes sociais, jogos e manifestações. 

"A Independente se manifesta de forma a repudiar os comportamentos e adotará a postura de invisibilizá-lo. A comitiva da Independente decidiu que irá ignorar o atleta Maurício Souza nas redes sociais, jogos e manifestações. O apoio ao time, ao projeto e aos demais atletas permanecerá como sempre. O que homofóbicos querem é palco para reverberar seus preconceitos, e não será por meio de nós que isso ocorrerá. Quando um torcedor é discriminado, para nós, é como se todos fossem", afirma a nota da torcida.

A Independente marcou as páginas do Minas Tênis Clube e de seus patrocinadores da equipe masculina, FIAT e Gerdau, mas até o momento não houve pronunciamento de nenhuma delas.

Confira o comunicado na íntegra:

Acerca dos últimos episódios do crime de homofobia manifestados pelo atleta Maurício Souza, a Independente Minas vem a público manifestar que:

1. A Independente acredita que não compete aos torcedores de um esporte julgarem a vida particular ou opiniões pessoais de jogadores e jogadoras. Desde o início, esta torcida se interessa apenas pelo que os atletas apresentam dentro de quadra, tendo como missão fomentar e compartilhar o amor pelo voleibol do Minas Tênis Clube.

2. Os devidos e reiterados comportamentos discriminatórios do central Maurício Souza já eram conhecidos tanto pelo clube quanto pelos patrocinadores. Mesmo assim, ao ser contratado, a Independente se propôs a manter com ele o mesmo respeito dado aos demais atletas: valorizamos o mérito esportivo e suas performances, ficando alheios às suas opiniões. Essa não foi uma decisão fácil. Temos LGBTs e mulheres em nossa torcida e as opiniões eram divididas. Mas o bom senso prevaleceu. Mais uma vez repetimos: a vida fora da quadra de um jogador ou de uma jogadora não nos compete.

3. Nas últimas semanas, contudo, o atleta repetiu posicionamentos homofóbicos e manifestações preconceituosas. A Independente não pode se calar. Homofobia é crime inafiançável no Brasil, passível de cadeia. No ano passado, 224 LGBTs foram assassinados no país, um dos mais violentos do mundo. É inaceitável que tenhamos que ver, calados, atos criminosos serem cometidos por um jogador que veste a nossa camisa como se fossem normais.

4. Uma vez que o central foi contratado com a anuência do clube e patrocinadores, a Independente se manifesta de forma a repudiar os comportamentos e adotará a postura de invisibilizá-lo. Em reunião nesta terça-feira, dia 19, a comitiva da Independente decidiu que irá ignorar o atleta Maurício Souza nas redes sociais, jogos e manifestações. O apoio ao time, ao projeto e aos demais atletas permanecerá como sempre. O que homofóbicos querem é palco para reverberar seus preconceitos, e não será por meio de nós que isso ocorrerá. Quando um torcedor é discriminado, para nós, é como se todos fossem.

Vôlei é esporte para todos, INDEPENDENTE da sua orientação sexual.

Belo Horizonte, 21 de outubro de 2021

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos