Torcida do Boca esgota ingressos de visitantes para duelo contra o Corinthians

·1 min de leitura
Torcedores Xeneizes estarão em peso na Neo Química Arena contra o Timão (Foto: Divulgação/Conmebol)


Culturalmente apaixonada, a torcida do Boca Juniors, da Argentina, estará em peso na Neo Química Arena nesta terça-feira (26), quando o clube Xeneize encara o Corinthians, pela terceira rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores.

> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros do Corinthians
> GUIA - Tudo sobre o Timão na Conmebol Libertadores
> TABELA - Confira e simule todos os jogos da Conmebol Libertadores

A expectativa é que 2,5 mil torcedores da equipe argentina lotem o local destinado à torcida visitante no estádio corintiano.

A quantidade de ingressos disponibilizados pelo Timão ao Boca foi maior do que os 1,5 mil que geralmente são repassados à equipe adversária. A ideia é que no confronto no La Bombonera, no dia 17 de maio, os argentinos também aumentem a carga de ingressos para os torcedores do Corinthians.

O clube alvinegro ainda não divulgou informações sobre as entradas para o jogo em Buenos Aires, mas deseja ter toda a bandeja superior do estádio do Noca, que fica atrás de um dos gols. O espaço tem entre 3 e 3,5 mil lugares.

Corinthians e Boca Juniors se enfrentarão pela primeira vez na Neo Química Arena. A última ocasião que as equipes se encontraram no Brasil foi pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores de 2013, quando a arena corintiana ainda estava em construção. O duelo foi realizado no estádio do Pacaembu.

Naquela circunstância, o jogo terminou empatado em 1 a 1, com arbitragem polêmica do paraguaio Carlos Amarilla, e os argentinos, como haviam vencido a ida por 1 a 0, no La Bombonera, se classificaram à fase seguinte.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos