Torcida atleticana detona falta de repertório do Galo em empate contra o La Guaira: 'Cucabol'

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Aos olhos de torcedores e imprensa especializada, Internacional e Atlético-MG tinham as estreias mais tranquilas dentre os brasileiros. Mas se há uma competição onde o improvável acontece, é na Libertadores: os gaúchos acabaram derrotados por 2 a 0 para o estreante Always Ready, enquanto que os mineiros ficaram no empate por 1 a 1 contra o modesto Deportivo La Guaira, em partida disputada na noite desta quarta-feira (21).

Jogando em solo venezuelano, o Galo mais uma vez ficou devendo futebol, abusando dos cruzamentos e das ligações diretas. Os donos da casa chegaram a abrir o placar e venciam o jogo por 1 a 0 até metade do segundo tempo, quando Matías Zaracho, vindo do banco de reservas, foi às redes e igualou o marcador. O resultado ruim e a performance ainda pior enfureceram os torcedores alvinegros, que não pouparam o treinador de duras críticas, inclusive por ter iniciado a partida com o meia-atacante argentino entre os suplentes.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O principal questionamento dos torcedores atleticanos é pela falta de repertório da equipe sob comando de Cuca, que mais uma vez abusou das bolas alçadas na área: foram 60 cruzamentos tentados durante os 90 minutos de jogo contra os venezuelanos. Futebol muito pobre para quem tem o quinto elenco mais valioso da competição. Outro fator que gerou incômodo na Massa foi a dificuldade do Galo em se impor fisicamente mesmo diante de um rival que fazia apenas seu segundo jogo oficial na temporada.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com Cuca já sob pressão e sob a sombra de Renato Gaúcho, o Galo retorna ao Brasil e redireciona suas atenções para o Campeonato Mineiro, competição pela qual entra em campo no próximo sábado (24), encarando o Athletic.