Torcedores do Palmeiras denunciam caso de racismo durante vitória sobre o Emelec pela Libertadores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Torcedor do Emelec fez injúrias racistas contra a torcida do Palmeiras (Foto: Reprodução/Twitter Herança da História)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Aproximadamente um dia depois de ato racista na Neo Química Arena, na vitória do Corinthians sobre o Boca Juniors, pela Libertadores, a competição continental teve mais um caso lamentável desse tipo partindo de um torcedor do Emelec para os torcedores do Palmeiras, nesta quinta-feira, no Equador.

O caso de injúria racial aconteceu no Estádio George Capwell, em Guayquil, durante a vitória por 3 a 1 do Verdão sobre a equipe da casa. O registro foi compartilhado pelo perfil "Herança da história", ligado à Mancha Verde, principal organizada do clube. No vídeo, um torcedor do Emelec aparece chamando os brasileiros de "Macaco! Macaco! Vocês são todos macacos".

Leia também:

Até o fechamento desta reportagem, o cidadão que protagoniza o lamentável vídeo não foi identificado. Tanto o Palmeiras quanto o Emelec ainda não se manifestaram sobre o acontecimento, assim como a Conmebol.

Na última terça-feira, na Neo Química Arena, um torcedor do Boca Juniors imitou um macaco para a torcida do Corinthians, foi filmado e imediatamente identificado. Apesar de ter sido detido, pagou fiança de R$ 3 mil e foi liberado para voltar para a Argentina e ironizou o acontecido ao chegar em seu país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos