Torcedores do Flamengo enfrentam novos problemas, e grupo não embarca para Guayaquil

Torcedores do Flamengo enfrentam problemas para embarcar rumo ao Equador para a Final da Libertadores 2022
Torcedores do Flamengo enfrentam problemas para embarcar rumo ao Equador para a Final da Libertadores 2022

As cenas vistas no Aeroporto do Galeão na manhã de sexta-feira se repetiram na madrugada de sábado. Após muita reclamação de torcedores do Flamengo que desejavam viajar para Guayaquil, onde o Rubro-Negro joga a final da Libertadores, um grupo de cerca de 70 pessoas não conseguiu embarcar para o Equador, segundo o "ge".


A polêmica se deu por conta de um dos voos anunciados pela Outsider Tours, agência de viagens que fretou voos para a sede da decisão do torneio da Conmebol. A empresa informou que um avião partiria com destino ao Equador às 3h15 (de Brasília), mas o check-in foi encerrado às 23h30, bem antes do normal.

+ Veja o chaveamento e simule a final da Libertadores 2022

Ainda de acordo com o "ge", 11 pessoas que conseguiram realizar o check-in foram retiradas na porta da aeronave e impedidas de viajar. Entre os 70 flamenguistas barrados estava José Aldo, ex-lutador de MMA, e sua filha.

+ O estádio de Flamengo x Athletico-PR: LANCE! mostra como está o palco da final da Libertadores


A Outsider Tours informou que vai ressarcir os torcedores. A empresa foi anunciada como patrocinadora do Flamengo na última segunda-feira, mas o clube já trabalha para rescindir o contrato com a agência de viagens.