Torcedores alemães querem a saída de Löw, aponta pesquisa

·1 minuto de leitura
Joachim Low, técnico da seleção da Alemanha
Joachim Low, técnico da seleção da Alemanha

Após a histórica derrota da Alemanha para a Espanha (6 a 0), grande parte torcedores da seleção alemã quer que o técnico Joachim Löw deixe o cargo, segundo pesquisa publicada nesta quinta-feira.

De acordo com levantamento da agência esportiva SID, subsidiária alemã da o AFP, 84% dos 1.100 torcedores entrevistados aceitam a saída de Löw e Oliver Bierhoff, diretor da Federação Alemã de Futebol (DFB) e superior direto do técnico. Apenas 13,3% gostariam que a dupla continuasse na seleção, campeã mundial em 2014.

Löw, de 60 anos, está sob pressão após a maior derrota sofrida pela Alemanha nos últimos 89 anos, depois da derrota também por 6 a 0 num amistoso com a Áustria em 1931.

Mas depois de várias reuniões com o presidente da federação Fritz Keller na quarta-feira, foi decidido que Löw segue no cargo até a Eurocopa em junho de 2021.

Dois anos após a Copa do Mundo de 2018, em que a Alemanha caiu na fase de grupos, a seleção ainda não se recuperou totalmente e a goleada sofrida para Espanha, que se classificou para a fase final da Liga das Nações, piorou o clima.

Se Löw sair, o técnicos do Liverpool, Jurgen Klopp, e do Bayern de Munique, Hansi Flick, estão entre os favoritos dos torcedores alemães para assumir o comando da seleção nacional.

ryj/nr/rbo/fbx/pm/lca