Torcedor tem morte confirmada, e Belgrano se coloca à disposição da Justiça

Após ser jogado das arquibancadas do estádio Mario A. Kempes e sofrer um traumatismo craniano, Emanuel Balbo, torcedor do Belgrano, teve sua morte confirmada na madrugada desta segunda-feira, no Hospital de Urgências da província argentina de Córdoba. Em nota, a equipe de Córdoba lamentou o falecimento do argentino de 22 anos e se colocou à disposição da Justiça para auxiliar nas investigações.

“O Club Atlético Belgrano lamenta profundamente a morte de Emanuel Balbo e, como instituição organizadora do evento em que se ocorreu o episódio, ratifica sua predisposição com a causa no âmbito correspondente: a Justiça”, afirma o clube argentino em uma parte da nota oficial.

O trágico episódio ocorreu no último sábado. Na disputa do clássico da cidade de Córdoba, no Estádio Mario A. Kempes, torcedores do Belgrano pensaram que Emanuel Balbo era torcedor do clube rival, o Talleres, e atiraram o argentino das arquibancadas.

No entanto, segundo Raul Balbo, pai do argentino de 22 anos, a história foi outra. Durante o clássico, Emanuel Balbo, que é torcedor do Belgrano, encontrou nas arquibancadas Oscar Gómez, acusado de ter atropelado e matado seu irmão de 14 anos, no ano de 2013.

Acuado após identificar Emanuel Balbo, Oscar Gómez teria dito que este era torcedor do Talleres, incitando os torcedores do Belgrano a atirá-lo das arquibancadas.

Após a queda, Emanuel Balbo sofreu uma série de ferimentos. No entanto, o falecimento na madrugada desta segunda-feira foi devido a um traumatismo craniano, que causou morte cerebral no argentino.

Segundo declarações de autoridades à imprensa argentina, quatro pessoas já foram detidas nesta segunda-feira. Oscar Gómez, porém, está foragido. Em declaração ao canal de notícias C5N, a advogada do suspeito, Mónica Picco, disse que ele não irá se entregar à Justiça.

Confira a nota oficial divulgada pelo Belgrano:

O Club Atlético Belgrano lamenta profundamente a morte de Emanuel Balbo e, como instituição organizadora do evento em que se ocorreu o episódio, ratifica sua predisposição com a causa no âmbito correspondente: a Justiça.

Em um dia muito triste para toda a família celeste, o Belgrano volta a chamar a reflexão e leva tranquilidade a sua comunicada a respeito do compromisso institucional para que se haja justiça por Emanuel.

Não se trata de fazer discursos de efeito, mas sim de atuar afundo no âmbito correspondente. Este é o compromisso real e verdadeiro deste clube.

Nossas condolência aos familiares e amigos.