Torcedor é suspenso por três anos por abuso racial de Sterling

Timothy Hyslop, 54 anos, gritou uma calúnia racista quando Sterling disputava o jogo entre Chelsea e Aston Villa em 2022

Raheem Sterling ouviu os gritos durante jogo contra o Aston Villa em 2022. Foto: Justin Tallis/POOL/AFP via Getty Images
Raheem Sterling ouviu os gritos durante jogo contra o Aston Villa em 2022. Foto: Justin Tallis/POOL/AFP via Getty Images

Um torcedor do Aston Villa foi proibido de assistir a partidas por três anos por abusar racialmente do astro do Chelsea e da seleção inglesa Raheem Sterling.

Timothy Hyslop, 54 anos, gritou uma calúnia racista quando Sterling estava na bola durante o primeiro tempo de um jogo da Premier League em Villa Park que terminou com a vitória do Chelsea por 2 a 0 sobre o Aston Villa em 16 de outubro do ano passado.

Leia também:

Hyslop foi interrogado pela polícia após o jogo e acusado de ofensa à ordem pública da seção 5 com agravamento racial. Ele compareceu ao Tribunal de Magistrados de Birmingham na terça-feira (17), onde se declarou culpado da acusação.

O torcedor recebeu uma ordem de proibição de futebol de três anos e foi condenado a pagar multas e custos totalizando £ 538 (quase R$ 3.500 pela cotação atual).

PC Stuart Ward, oficial de crimes de ódio no futebol da Polícia de West Midlands, disse: "Esse tipo de comportamento não será tolerado. Abusar de alguém pela cor de sua pele é nojento e nunca, jamais, pode ser tolerado”.

"Não há lugar para racismo no futebol ou na sociedade em geral. Gostaria de agradecer ao Aston Villa por sua ajuda durante esta investigação", finalizou.

PC Ward foi nomeado o primeiro oficial dedicado a crimes de ódio do Reino Unido baseado em uma unidade de futebol há dois anos. Ele assumiu o cargo depois que o racismo relacionado ao futebol aumentou 42% em apenas uma temporada.

Vale lembrar que antes do início da temporada 2021/2022 a Premier League anunciou que os torcedores que praticassem atitudes racistas ou discriminatórias seriam banidos de todos os campos da Premier League.