Torcedor dos Estados Unidos é detido por usar braçadeira arco-íris na Copa do Mundo

Torcedor dos EUUA é retirado por usar braçadeira LGBTQIA+ na Copa do Mundo (Foto: Glyn Kirk/AFP)


Um torcedor dos Estados Unidos foi detido no Estádio de Al Thumama, nesta terça-feira, durante a partida entre os estadunidenses e o Irã pela Copa do Mundo, por usar uma braçadeira com as cores do arco-íris. Ele foi retirado do local pela segurança da arena.


O arco-íris é o símbolo do movimento LGBTQIA+. Desde o início da Copa do Mundo, as manifestações contra a homofobia têm sido frequentes. No Qatar, a relação homossexual é considerada crime. Jogadores como Manuel Neuer, da Alemanha, e Harry Kane, da Inglaterra, tentaram usar a braçadeira com as cores do arco-íris, mas foram impedidos.

Não é a primeira vez que isto acontece na Copa do Mundo. Na última segunda-feira, um torcedor invadiu o gramado antes da partida entre Uruguai e Portugal com uma bandeira arco-íris e uma camiseta com mensagens alusivas aos direitos humanos no Irã.

+ Confira 15 jogadores desconhecidos que estão se destacando na Copa do Mundo do Qatar