Tóquio: Atletismo da Austrália é colocado em lockdown

·1 minuto de leitura
CANBERRA, AUSTRALIA - JANUARY 28: Kurtis Marschall of Western Australia speaks to his coach during the Mens Pole Vault during the Canberra Festival of Athletics on January 28, 2019 in Canberra, Australia. (Photo by Jason McCawley/Getty Images)
Kurtis Marschall (à esquerda) teve contato próximo com Sam Kendricks confirmado pelo Comitê Olímpico Australiano. Foto: Jason McCawley/Getty Images

Bomba no atletismo olímpico. Toda a delegação de atletismo da Austrália foi colocada em quarentena preventiva após contato próximo de um atleta com Sam Kendricks, que teve seu teste positivo para Covid-19 divulgado horas atrás.

Há receio por parte da federação australiana que vários atletas tenham tido contato com o americano, mas, até o momento, eles só confirmaram uma pessoa com contato próximo: Kurtis Marschall. O australiano é, assim como Kendricks, um atleta do salto com vara, e vinha treinando junto com o americano.

Leia também:

De acordo com um breve comunicado divulgado pelo Comitê Olímpico Australiano, os 63 atletas da delegação foram chamados de volta à Vila Olímpica e ficarão isolados até que o resultado dos testes saiam. Esse é, até o momento, o primeiro caso de lockdown de um time inteiro nos Jogos de Tóquio.

Faltando menos de 24 horas para o início do atletismo nas Olimpíadas, o clima é de apreensão entre os atletas australianos, que não sabem se poderão competir. Kurtis Marschall, inclusive, tem prova eliminatória do salto com vara nesta sexta-feira (30/07) às 21h40. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos