Tom Brady diz que vai decidir sobre aposentadoria em conversas com Gisele Bündchen

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brady e Gisele Bundchen celebraram juntos a conquista do Super Bowl LV no ano passado. Foto: Kevin C. Cox/Getty Images
Brady e Gisele Bundchen celebraram juntos a conquista do Super Bowl LV no ano passado. Foto: Kevin C. Cox/Getty Images

A eliminação do Tampa Bay Buccaneers na derrota para o Los Angeles Rams fez os fãs de NFL se perguntarem mais uma vez se esse seria o ato final de Tom Brady. Um dos maiores jogadores da história do esporte da bola oval, o quarterback ainda não decidiu seu futuro.

Mas uma entrevista ao podcast “Let’s go”, deu pistas sobre uma decisão de Brady que afirmou que sua possível aposentadoria passará por conversas com a mulher, a brasileira Gisele Bündchen, e seus filhos.

Leia também:

“Ela se machuca ao me ver tomar pancadas aqui fora. E ela merece o que precisa de mim como marido, e meus filhos merecem o que precisam de mim como pai. Eu me divirto muito jogando futebol. Eu amo isso. Mas, sem jogar futebol, eu também tenho muita alegria agora, com meus filhos ficando mais velhos e vendo o desenvolvimento e o crescimento deles. Então, tudo isso precisa ser considerado. E será”, explicou Brady.

O astro fez questão de deixar claro que seu projeto familiar não será o único ponto da decisão. O quarterback só quer seguir jogando caso se sinta apto para ajudar os Buccaneers.

“O time não merece nada menos que o meu melhor. E se eu não me sentir comprometido a isso, ou se eu não puder jogar em um nível para brigar pelo título, então preciso dar a chance de outro jogar. Você sabe, vamos ver”, afirmou.

A partida entre Los Angeles Rams e Tampa Bay Buccaneers foi um dos jogos que só a NFL pode proporcionar, com cenários distintos em vários momentos da disputa.

O time da Califórnia eliminou a franquia atual campeã em uma vitória de 30 a 27 com um field goal no último lance do confronto. Pior para os Bucs que chegaram a estar perdendo por 27 a 3, buscaram o empate e viram a eliminação trágica naquela que pode ser a última partida de Tom Brady.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos