Tom Brady deixa os Patriots após 20 anos e 6 títulos da NFL

Folhapress

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após seis títulos do Super Bowl, três prêmios de MVP (melhor jogador da temporada) e 20 anos na mesma equipe, Tom Brady não é mais atleta do New England Patriots.

Aos 42 anos, o quarterback (lançador) postou uma carta em suas redes sociais se despedindo da equipe e pondo fim à era mais vitoriosa da história do futebol americano.

"Mesmo que minha jornada no futebol continue em outro lugar, eu agradeço tudo o que eu alcancei e sou grato pelas incríveis conquistas deste time", escreveu.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Ele agradeceu à cidade onde seus filhos (com a modelo brasileira Gisele Bündchen) nasceram e aos companheiros. Não citou nominalmente ninguém, nem mesmo Bill Belichick, treinador que o acompanhou nas conquistas pelos Patriots e com quem formou uma das melhores parcerias da história do esporte mundial.

"Foram verdadeiramente as mais felizes duas décadas que eu posso vislumbrar na minha vida", escreveu.

Seu último título da NFL, a liga de futebol americano, foi em 2018. Na última temporada, o New England Patriots foi eliminado pelo Tenessee Titans, uma zebra, na primeira partida do mata-mata.

No time, Brady colecionou, além de títulos, recordes. A se destacar: maior quantidade de vitórias tanto na temporada regular (207) quanto nos playoffs (30), mais jardas lançadas por um único time (mais de 70 mil), mais jogos com mais de 300 jardas no mata-mata (13). Aos 40 anos, ele se tornou o mais velho MVP da temporada.

Em sua carta, o jogador não anunciou se pretende encerrar a carreira agora e deu a entender, como já havia feito ao fim da última temporada, que seu destino é seguir em ação numa outra equipe.

Leia também