Tomás Cuello explica diferença entre futebol brasileiro e argentino e projeta grande temporada do Red Bull Bragantino

LANCE!
·1 minuto de leitura


Após ter um começo ruim no Brasileiro em 2020, o Red Bull Bragantino contou com alguns reforços no meio da competição para conseguir dar a volta por cima e até conquistar uma vaga na Sul-Americana. Uma das novidades foi o argentino Tomás Cuello, que estava no Atlético Tucumán e vem ganhando espaço na equipe.

Parceiros em campo! Confira irmãos que atuaram juntos pelo mesmo clube

Até o momento, o meia tem 23 jogos pela equipe de Bragança. Cuello afirma que está se sentindo à vontade, agradece boa recepção do elenco e ressalta diferença entre futebol brasileiro e argentino, o qual considera mais físico mas menos dinâmico.

VEJA CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO PAULISTÃO 2021

- Estou me sentindo muito bem, pois é um elenco qualificado, com pessoas que me receberam bem desde o início e isso faz com que eu me sinta melhor a cada dia. Também estou me adaptando bem ao estilo do futebol brasileiro, que acho mais dinâmico e tático do que o argentino, que é um pouco mais físico - comentou.

O Red Bull Bragantino chegou nas rodadas finais do Brasileirão brigando por uma vaga na Libertadores, porém não conseguiu alcançar a oitava colocação. Apesar disso, o argentino destaca a qualidade do elenco do clube paulista e acredita em grande temporada do time, que chega ainda mais entrosado.

- Fizemos um bom Brasileirão e mostramos a qualidade do nosso elenco, então acredito que podemos fazer mais uma grande temporada. Temos que manter os pés no chão, pensar jogo a jogo e dar nosso máximo para alcançar nossos objetivos nas competições. Começamos bem o Paulistão, mas vamos buscar melhorar cada vez mais - concluiu.