Tolisso e Kanté são cortados da seleção da França

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
O técnico da França, Didier Deschamps, durante a partida com a Suíça pela Eurocopa (AFP/MARKO DJURICA)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Os meias Corentin Tolisso e N'Golo Kanté, ambos lesionados, foram cortados da seleção da França e para suas vagas foram convocados Mattéo Guendouzi e Adrien Rabiot para os próximos três jogos da equipe pelas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2022, anunciou a Federação Francesa de Futebol nesta quarta-feira.

Tolisso sofreu "uma lesão muscular na panturrilha esquerda" e Kanté não está "suficientemente recuperado" de uma lesão no joelho esquerdo, divulgou o departamento médico da atual campeã mundial.

Guendouzi e Rabiot se juntarão à equipe depois da partida com a Bósnia na quarta-feira, em Estrasburgo.

A França irá então a Kiev para enfrentar a Ucrânia no sábado e, em seguida, recebe a Finlândia em Lyon, na terça-feira.

Titular durante a Eurocopa, Rabiot (19 vezes convocado), não tinha sido chamado por Didier Deschamps devido à falta de ritmo de jogo com a Juventus, que o tinha preservado neste início de temporada devido a um desconforto muscular.

Mas o meia, de 26 anos, estreou nesta temporada pela Juve no sábado passado, contra o Empoli, pelo Campeonato Italiano.

Guendouzi, de 22 anos, foi convocado pela última vez em novembro de 2019, sem atuar entre os titulares.

Depois de uma temporada no Hertha Berlin, o jogador do Arsenal iniciou a temporada emprestado ao Olympique de Marselha, marcando um gol no sábado diante do Saint-Etienne, pelo Francês.

jta-ama/pm/dr/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos