Todos sentirão ausência de Mané na Copa do Mundo, diz técnico de Senegal

Por Toby Davis

DOHA (Reuters) - O técnico de Senegal, Aliou Cissé, disse que a ausência de Sadio Mané na Copa do Mundo será sentida por torcedores do mundo inteiro, após o atacante de Senegal ser cortado do torneio por causa de uma lesão na perna.

Mané, que ficou em segundo lugar atrás de Karim Benzema na Bola de Ouro deste ano, concedida ao melhor jogador do mundo, machucou a fíbula da perna direita jogando pelo Bayern de Munique e sua ausência foi confirmada na quinta-feira, um golpe forte às esperanças de Senegal para o torneio.

Senegal começará sua campanha contra a Holanda no estádio Al Thumama, na segunda-feira, e Cissé disse que o espetáculo será pior sem a atração do futebol africano.

“Não estamos falando apenas do povo senegalês. Acho que pessoas do mundo inteiro”, disse o técnico a jornalistas, neste domingo.

“Toda a família do futebol está triste pelo que aconteceu porque ele era o segundo melhor jogador do mundo e ele representa o continente africano, além de representar Senegal.”

“É muito, muito triste para ele. Especialmente, nós desejamos que tenha uma recuperação rápida. Espero que volte a jogar futebol o mais rápido possível.”

O atacante de Senegal, Krepin Diatta, descreveu Mané como um líder do time.

“Quando você fala sobre espírito e moral, claro, isso afeta”, disse Diatta. “Ele é nosso melhor jogador. Ele é um líder nesse sentido. Claro, gostaríamos que ele estivesse aqui, mas deus decidiu de outra maneira.”

“Nós, porém, ainda temos uma mentalidade muito forte, estamos confortáveis juntos… É uma grande perda, mas temos uma mentalidade forte. Mostramos trabalho de equipe e somos bons juntos. E tenho certeza que vamos conseguir alguns bons resultados nesta Copa do Mundo.”

O goleiro de Senegal, Edouard Méndy, ficou no banco de reservas em alguns jogos pelo Chelsea nesta temporada, com Kepa Arrizabalaga sendo a preferência do novo técnico Graham Potter.

Cissé, no entanto, disse que estava confiante que o goleiro mostrará sua habilidade na Copa do Mundo.

“Não tenho dúvida sobre sua qualidade como goleiro. E tenho certeza que ele provará durante esta Copa do Mundo que é um desses grandes goleiros”, disse.

“Espero que ele tenha um torneio excelente. Ele tem muita coisa a provar. Mas ele estará à altura desse desafio, tenho certeza.”

(Por Toby Davis)