"Quase tive um orgasmo", Nelson Piquet no Canadá

A última vitória brasileira no GP do Canadá de F-1 foi especial. Sobretudo, especial para o tricampeão mundial Nelson Piquet. Há 21 anos, Piquet conquistava a última vitória de sua carreira na categoria de forma surpreendente e que gerou uma das histórias mais deliciosas do piloto na sua trajetória vitoriosa no automobilismo.

Na volta final da prova no circuito Gilles Villeneuve, em 1991, o inglês Nigel Mansell liderava a disputa com uma vantagem folgada para o segundo colocado – justamente Nelson Piquet. Mas uma falha elétrica, no carro da equipe Williams, tirou a vitória do piloto a poucos metros da bandeirada quadriculada em Montreal.

Nigel Mansell liderou 68 das 69 voltas e sua imagem batendo no volante do carro após o problema foi a mais significativa do final de semana. Nelson Piquet, então em sua última temporada na Fórmula 1, defendendo então a equipe Benetton, partiu para sua 23ª vitória na carreira e, também, último triunfo na categoria.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Quase tive um orgasmo quando me avisaram que o Nigel parou na metade da última volta. Ele estava um minuto na minha frente”, disse Piquet, ao seu estilo, no dia seguinte à prova em registro do Jornal da Tarde – de São Paulo.

“Na última volta, ouvi os engenheiros gritarem no rádio: "vai,vai... O Nigel parou!" Nem queria acreditar, mas foi uma surpresa bem agradável. Ganhei graças ao azar dos outros, mas foi uma vitória e isso é que conta. Foi um resultado fantástico para a equipe, após o recente período de trabalho duro com o carro novo”, declarou também oficialmente à época.

A edição 2012 do Grande Prêmio do Canadá acontecerá no próximo final de semana no mesmo circuito Gilles Villeneuve, em Montreal. Os brasileiros Felipe Massa (escuderia Ferrari) e Bruno Senna (equipe Williams) tentarão a 7ª vitória do Brasil na prova. A largada da corrida está programada para domingo, dia 10, às 15h00 (Brasília).

Leia também