Titular do Santos em decisão, Jean Mota virou lateral 'de surpresa'

Gabriela Brino e Russel Dias

Depois da grave lesão do lateral Caju, o meia Jean Mota conquistou a confiança do técnico Dorival Júnior e será titular no jogo contra a Ponte Preta nas quartas de final. Jean revelou que foi uma surpresa para ele, já que antes do corte do camisa 3 no Paulista, ele não havia treinado na posição. Feliz, ele contou como recebeu a oportunidade do comandante.

- No meu caso foi uma surpresa, eu não vinha treinando de lateral, mas como o Caju se machucou, não tinha ninguém, ele perguntou se eu fazia lateral, eu afirmei, e e treinei muito bem. Ele se surpreendeu e me disse 'quero você, sim. Independentemente de ser sua posição, você treinou muito bem, continue assim', e eu fui treinando bem e adquiri a confiança dele, tive a oportunidade no jogo e dei conta do recado - explicou em entrevista ao L!.

Os desfalques do Peixe são o pontapé para o lateral buscar espaço e demonstrar vontade no gramado do CT Rei Pelé. Mas além disso, o motiva a criar sonhos dentro do clube.

- Estou ansioso (pela titularidade). Eu procuro manter o foco e treinar bastante e estar preparado sempre. Tenho mais três anos de contrato, quero me firmar aqui e conquistar a titularidade. Poder ajudar o Santos e ganhar títulos. Meu sonho é ser um dos ídolos aqui dentro. O ano não começou tão bem, mas está melhorando e creio que vai melhorar mais ainda até o final - torceu.

Inicialmente o meia disputava espaço apenas no meio-campo com os reservas, mas com sua versatilidade, hoje é a primeira opção de substituição de titular do comandante santista.







E MAIS: