Tite prevê jogo de "exigência muito alta" contra o Peru nas semis da Copa América

·2 minuto de leitura
O técnico da seleção brasileira, Tite, durante a partida com o Equador, pela Copa América

O técnico da seleção brasileira, Tite, disse neste domingo que a semifinal da Copa América-2021 contra o Peru, que será disputada nesta segunda-feira no Rio de Janeiro, será um desafio difícil para sua equipe.

"As duas equipes têm tradição de enfrentamento. Fizemos final, fase de grupos, Eliminatórias. Mas termina qualquer observação a partir daí, de prognóstico. Tudo é diferente, as realidades, as equipes, é um jogo "mata-mata", o nível de exigência é muito alto", disse o treinador em uma coletiva de imprensa virtual.

O Brasil joga nesta segunda-feira no Estádio Nilton Santos seu quinto jogo contra os 'Incas' em dois anos contando a Copa América-2019 e 2021, eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 e amistosos.

A Seleção venceu quatro, incluindo a final do último torneio continental, e perdeu um, o amistoso preparatório disputado nos Estados Unidos em setembro de 2019. Na atual edição da Copa América se enfrentaram na fase de grupos, com um goleada por 4 a 0 a favor dos brasileiros.

"Temos que jogar melhor para avançar, isso é o que queremos e o Peru também", afirmou Tite, que dispensou "surpresas" de sua parte ou do lado peruano na abordagem tática pelo conhecimento que cada equipe tem da outra.

Na semifinal, último obstáculo para disputar a final no Maracanã no dia 10 de julho, o Brasil terá o desfalque do atacante Gabriel Jesus, expulso nas quartas de final contra o Chile, e o lateral Alex Sandro é dúvida por ter problemas musculares.

"Tive dúvidas pela qualidade dos atletas e pelo nível de desempenho que estão tendo na competição toda", acrescentou o treinador de 60 anos.

"Vamos ter uma composição com dois articuladores e dois meias. Essa é a ideia. Se ele é de lado, de centro, não vou falar porque é estratégia nossa", acrescentou.

O Brasil poderá ter o volante Lucas Paquetá ou Everton Ribeiro ajudando Neymar na criação. Richarlison parece garantido no ataque, em que a vaga de Gabriel Jesus é disputada por Roberto Firmino e Gabigol.

O meia Fred, que desponta como titular ao lado de Casemiro, admitiu que o Brasil é favorito por jogar em casa mas preferiu se concentrar na partida diante de um adversário que "tem grandes jogadores".

"Estamos num momento muito bom, temos que procurar fazer o nosso melhor", disse o jogador do Manchester United. "A equipe do Peru vai vir motivada, vai quer buscar a vitória contra o Brasil, vai ser o jogo da vida deles".

raa/ma/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos