Tite põe Neymar no banco e faz série de alterações na Seleção para o confronto com o Equador

·1 minuto de leitura


O último jogo da Seleção Brasileira na fase de grupos da Copa América será marcado por testes para Tite. Na escalação divulgada a cerca de uma hora do confronto com o Equador, marcado para as 18h, no Estádio Olímpico de Goiânia, o comandante deixou o astro Neymar no banco e fez uma sucessão de modificações.

Apenas Marquinhos, que será capitão da equipe no duelo de logo mais, foi o remanescente em relação à vitória por 2 a 1 sobre a Colômbia. A lista de novidades conta com alterações nas duas laterais. Emerson terá pela primeira vez uma chance como titular na Copa América, no lugar de Danilo, que havia jogado todas as partidas. Renan Lodi também ganhará uma chance no lado esquerdo.

Douglas Luiz terá seus primeiros minutos em campo como titular. O jogador do Aston Villa "herda" a vaga de Fred, que também não tinha sido poupado no rodízio proporcionado por Tite. No meio, ainda estarão Fabinho e Lucas Paquetá.

Já a linha de frente contará com Everton "Cebolinha" aberto pela esquerda e Roberto Firmino atuando pela direita. Gabigol receberá mais uma chance como homem de área desde o início da partida.

O duelo entre Brasil e Equador ocorre logo mais. A Seleção, já classificada com 100% de aproveitamento, não perderá mais o primeiro lugar do Grupo B.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos