Tite: "Obrigado, pai do Céu"

Já passava da madrugada de quarta-feira (29), na sala de coletiva da Arena Corinthians, em São Paulo,  quando Tite recebeu a notícia que tanto esperava: "O Peru venceu o Uruguai, por 2 a 1, e o Brasil está matematicamente classificado à Copa da Rússia".

Neste momento, o treinador se levantou da mesa, apontou para cima e agradeceu. "Obrigado, pai do céu". Imediatamente, os jornalistas, que cobriram a vitória (3 a 0) sobre o Paraguai, pelas Eliminatórias, bateram palmas, numa cena até inusitada.  

Tite, visivelmente emocionado, ainda tentou abafar a manifestação. "Não gente, isso é de todo mundo. A responsabilidade não é só minha", disse. Mas os números provam o tamanho do feito do Tite. São 8 vitórias, em 8 jogos, com 25 gols e dois sofridos nas Eliminatórias, um recorde absoluto. 

Ovacionado em São Paulo, o técnico deixou a Arena Corinthians com a missão mais que cumprida. 

Tite Brasil Uruguai Eliminatorias 2018 23032017


(Foto: DANTE FERNANDEZ/AFP/Getty Images)