Tite lamenta caso de Gabriel Menino e avalia novo convocado para a vaga

LANCE!
·1 minuto de leitura


O lateral-direito da Seleção Brasileira, Gabriel Menino, testou positivo para a Covid-19 nesta quinta-feira (12) e foi cortado das partidas contra Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2022 da América do Sul.

Em entrevista coletiva concedida na véspera da partida contra os venezuelanos, o técnico Tite comentou sobre o caso - Prontamente foi relatado pelos doutores Lasmar e Felipe. Nos reunimos com a comissão técnica toda. A primeira reação foi dizer: 'poxa, que pena do Gabriel Menino, e que nós todos corremos esse risco'.

O teste positivo do lateral apareceu na segunda bateria de testes do grupo, que ainda vai passar por mais duas rondas de testagem entre os dois jogos. Menino está assintomático e já está isolado, comunicou o médico da Seleção Brasileira.

Com essa notícia inesperada, o treinador brasileiro trabalha com a sua comissão técnica para convocar um suplente no lugar do atleta palmeirense. - Nós vamos conversar agora. A gente queria, o mais rápido possível, passar essas informações - disse o treinador do Brasil.

Ainda, Tite falou sobre as dificuldades em realizar convocações em meio à pandemia. - São desafios que todas as seleções têm enfrentado. Essa convocação teve um número maior do que realmente acontece, ou por lesão ou pelo problema da Covid-19. Eu quero olhar esse lado real também. As oportunidades surgem.

O Brasil encara a Venezuela na noite de sexta-feira, às 21h30, no estádio do Morumbi, em São Paulo, pela 3ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo.