Tite diz que vivência no Grêmio e ciclo nas Seleções de base pesaram para convocação de Gabriel Chapecó

·1 min de leitura


O técnico Tite não poupou elogios ao goleiro Gabriel Chapecó, do Grêmio, único jogador que atua no futebol brasileiro presente entre os convocados da Seleção para os jogos de novembro pelas Eliminatórias. Em coletiva nesta sexta-feira (29), Tite detalhou o acordo feito com o Tricolor gaúcho para que o jovem esteja no grupo que encara Colômbia e Argentina nos dias 11 e 16.

- Nós conversamos com o Grêmio, o Juninho e o Cleber (Xavier) conversaram diretamente com o Dênis Abrahão (vice de futebol do Tricolor gaúcho), foi encaminhado ao Vagner Mancini. Queremos uma equidade entre os clubes brasileiros e valorizou o jovem:

- Trouxemos um jogador que não é titular agora, mas tem uma sequência de 23 jogos como titular da equipe e tem um histórico todo na Seleção de base. Tem a anuência do Taffarel (preparador de goleiros) e do Marquinhos da principal - completou.

O auxiliar César Sampaio falou sobre o "grupo" de observação no qual Chapecó se encaixa.

- Ele está entre os goleiros com projeção. Observados foram o Lucão, do Vasco, o Brenno, do Grêmio, o Bento, do Athletico-PR. Entendendo esse calendário de times que disputam títulos ou que tentam sair de uma zona de rebaixamento procuramos não impactar os elencos trazendo um goleiro que não vem sendo utilizado - disse.

O Brasil lidera com 31 pontos as Eliminatórias da Copa do Mundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos