Tite destaca força do Chile antes do duelo pela quartas da Copa América

·2 minuto de leitura
O técnico da seleção brasileira, Tite, durante a a partida com o Equador, pela Copa América

Último bicampeão da Copa América, o Chile será um adversário forte do Brasil na sexta-feira, no confronto das quartas de final do torneio sul-americano, disse o técnico da seleção brasileira, Tite, nesta quinta-feira.

“O Chile foi bicampeão da Copa América nas duas edições anteriores às quais o Brasil foi campeão, em 2019”, destacou o treinador em entrevista coletiva virtual.

Estamos focados “em merecer mais que o adversário, em reconhecer as virtudes do adversário, bicampeão da Copa América contra o último campeão da competição”, acrescentou.

Tite garantiu que para o duelo no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, que será disputado às 21h (hora de Brasília), terá um "time equilibrado que mantém a média de gols e de criação".

“Nestes jogos decisivos temos que ser muito fortes em quatro fatores, que são decisivos: a parte tática, a parte técnica, a parte física e a parte emocional, que precisam estar alinhadas. Quando se alinham, ficamos mais próximos da vitória", destacou o técnico da Seleção.

Classificado como líder invicto do Grupo B, com dez pontos em quatro jogos, o Brasil é o grande favorito para defender o título obtido na última edição da mais antiga competição de seleções do mundo.

Embora o treinador não tenha revelado a formação, Neymar deverá estar entre os titulares, onde há dúvidas na lateral-esquerda devido a problemas físicos de Alex Sandro e uma lesão de Renan Lodi que o obrigou a abandonar jogo contra o Equador (1-1), no encerramento da rodada anterior.

Para este confronto, o Chile deve contar com o atacante Alexis Sánchez, que não jogou a primeira fase por causa de uma lesão muscular.

“O Chile é uma equipe que vai exigir tudo de nós, não só tática e tecnicamente mas também mentalmente (...) Tem jogadores habituados a enfrentar as adversidades”, declarou César Sampaio, auxiliar técnico da seleção brasileira.

O vencedor do duelo entre brasileiros e chilenos pega nos semifinais quem avançar da partida entre Peru e Paraguai, que jogam no mesmo dia, às 18h, em Goiânia.

raa/ll/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos